Projeto do Novo Edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, Secção de Finanças, etc. - Januário Godinho

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Projeto do Novo Edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, Secção de Finanças, etc. - Januário Godinho

Detalhes do registo

Informação não tratada arquivisticamente.

Nível de descrição

Fundo   Fundo

Código de referência

PT/MVNF/JG/PNEPCT

Tipo de título

Atribuído

Título

Projeto do Novo Edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, Secção de Finanças, etc. - Januário Godinho

Datas de produção

1944-04-17  a  2011-08-02 

Dimensão e suporte

237 doc. compostos, 9 doc. simples; papel e metal.

Entidade detentora

Município de Vila Nova Famalicão - Arquivo Municipal Alberto Sampaio

História administrativa/biográfica/familiar

Projeto do Novo Edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, Secção de Finanças - Januário Godinho - ver https://projetojanuariogodinho.wordpress.com/ Arquiteto português nascido em 1910, em Ovar, e falecido em 1990. Estudou na ESBAP - Escola Superior de Belas Artes do Porto, entre 1925 e 1930, tendo obtido o diploma com o estudo para o Hotel do Parque-Vidago em 1941, onde começa a esboçar algumas das preocupações que o perseguem ao longo da sua carreira, como a leitura e interpretação do lugar, o ritual dos acessos, a relação entre paisagem e espaço interior e a criteriosa escolha de materiais.Inicia o seu período de estágio na década de 30, em colaboração com o arquiteto portuense Rogério de Azevedo, participando ativamente no desenvolvimento do seu trabalho, entre o modernismo e a aproximação que faz ao regionalismo. Durante este período projetou uma das suas mais importantes obras: o Mercado do Peixe de Massarelos, onde um processo de eficaz depuração é capaz de estabelecer uma síntese entre as referências, tenuemente marcadas pela Art Déco e o relacionamento crítico e interpretativo do neoplasticismo holandês.Ao longo do seu percurso profissional é notório o relacionamento cada vez mais distanciado de alguns modelos dominantes na Europa Central, sendo evidente um sentido de afirmação da arquitetura como um problema de cruzamento entre modernidade e contemporaneidade, tradição e sítio, afirmando-se numa lógica de contextualização disciplinar, levando a um regionalismo crítico antecipado.As suas principais obras são: o Mercado do Peixe de Massarelos, Porto (1932); as pousadas realizadas para a Hidroelétrica do Cávado (1949-1959), para Vila Nova, Salamonde, Sidroz e Pisões; Casa Afonso Barbosa, Famalicão (1941); Edifício dos Paços do Concelho, Tribunal e Finanças de V.N de Famalicão; a Sede da Hidroelétrica, Porto (1953); os palácios da Justiça de Tomar (1951), de Vila do Conde (1953), de Ovar (1960) e de Lisboa (1960), em coautoria com João Andersen; o Edifício Calouste Gulbenkian no LNEC - Laboratório Nacional de Engenharia Civil, Lisboa (1961), igualmente em coautoria com João Andersen, e os Planos de Urbanização de Coimbra (1968) e de Amarante (1965).Fonte: Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2011.

Estrutura interna/genealogia

Cronologia do Projecto do Edifício dos Paços do Concelho - 1952-196118 Setembro 1952Apresentação, pelo arquiteto Januário Godinho do anteprojecto dos novos edifícios dos Paços do Concelho e Tribunal.Maio 1953 Aprovação do anteprojecto dos novos edifícios dos Paços do Concelho e Tribunal. (Jornal de Famalicão)Fevereiro 1954 O «Jornal de Famalicão» entrevista diversas individualidades famalicenses. A questão central é: Deve ou não demolir-se o antigo Paços do Concelho e construir-se um edifício novo?Entre os entrevistados contam-se o Dr. Rodolfo Manuel de Magalhães Aguiar, Juiz e Presidente da Câmara de 1939 a 1941, Joaquim Rodrigues de Sá e Abreu, ex-vereador, e Clemente Sousa Lopes, ex-Presidente do Grémio do Comércio.O Presidente da Câmara, Álvaro Folhadela Marques, em entrevista ao jornal «O Comércio do Porto», refere: «Foi dos dias mais felizes da minha vida este da descoberta do criminoso, pois nunca me convenci de que o sinistro tivesse outra origem e, deste modo, posso assegurar-lhe que qualquer má impressão que possa vir dos maldizentes, tem de ser totalmente posta de parte, em face da confissão do criminoso, que agiu premeditadamente, com cinismo e verdadeira consciência do crime».Maio 1955Os Estúdios Lisboa-Filme produzem um documentário cinematográfico dedicado a Famalicão.12 Abril 1956Edital - Concurso público para a construção do edifício para Paços do Concelho, serviços municipais, Secção de Finanças e tesouraria da Fazenda Pública e do corpo destinado a tribunal judicial e mais serviços da justiça e urbanização da Praça da República.17 Maio 1956Auto de Recepção e Abertura de Propostas do concurso público para a adjudicação da empreitada de “Construção de Edifício para os Paços do Concelho, Serviços Municipais Secção de Finanças e Tesouraria da Fazenda Pública, e do Corpo destinado a Tribunal e mais Serviços da Justiça, e Urbanização da Praça da República”.Julho 1956Demolição do que resta do primeiro edifício da Câmara Municipal, praticamente destruído pelo incêndio de 5 de Abril de 1952.8 Fevereiro 1958O ministro das Obras Públicas, Eng. Arantes e Oliveira, de visita ao Norte do país, inteira-se no local do andamento das obras dos Paços do Concelho e do Palácio da Justiça.18 Abril 1958Primeiro Adicional à Empreitada Geral de Construção do Novo Edifício dos Paços de Concelho.31 Março 1958Edital da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão - concurso público para a empreitada da Instalação de Aquecimento Central do novo edifício destinado a Paços do Concelho e Serviços Municipais, Secção de Finanças e Tesouraria da Fazenda Pública e novo edifício destinado a Tribunal Judicial e mais serviços dependentes do Ministério da Justiça, em Vila Nova de Famalicão.2 Agosto 1958Ofício do Ministério da Justiça, assinado pelo Chefe do Gabinete do Ministro, dirigido ao Presidente da Câmara Municipal, a informar da autorização, por despacho, da escolha da proposta da firma JOÃO FÉLIX DA SILVA CAPUCHO para a instalação do aquecimento central do edifício do Tribunal e serviços dependentes do Ministério da Justiça. 21 Abril 1961Contrato celebrado entre a Câmara Municipal e a firma Félix, Oliveiras & C.ª, Lda. para o fornecimento e assentamento de candeeiros, armaduras, lâmpadas e letreiros de bronze nos novos edifícios dos Paços do Concelho e Tribunal.6 Junho 1961Aprovação do segundo adicional da construção civil e primeiro adicional da urbanização ao redor dos Paços do Concelho.11 Junho 1961Inauguração dos novos edifícios dos Paços do Concelho e Tribunal pelos ministros das Obras Públicas e da Justiça. O ato inaugural faz parte do programa das Festas Antoninas. À chegada dos ministros aos Paços do Concelho está a decorrer nas ruas da vila a Batalha das Flores.18 Setembro 1961Auto de receção provisória da Empreitada de “Construção do novo edifício destinado a Repartições Públicas, em Vila Nova de Famalicão”.

Sistema de organização

As peças que compõem o arquivo apresentavam-se dispersas, apesar de parcialmente compiladas por temas e separados em dossiers. Procedeu-se a uma reorganização do projeto e peças acessórias, de acordo com a organização original do processo. Deste modo a organização compõem-se de séries e ao nível da série o critério de ordenação é numérico.Série A - Ante-Projeto do Novo Edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, etc. - Câmara Municipal de Famalicão - 1952Série B - Projeto do Novo Edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, etc. - Arquitectura;Série C - Projeto do Novo Edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, etc.- Pormenores - Arquitectura;Série D - Projeto do Novo Edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, etc. - Aditamento - Mobiliário;Série E - Projeto do Novo Edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, etc. - Peças não Catalogadas;Série F - Projeto do Novo Edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, etc. - Adicionais;Série G - Diversos;Série H - Concursos Públicos de fornecimento para o novo edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, etc. É composta por 5 subséries: Subsérie 0001: Concurso para o fornecimento e assentamento de candeeiros, armaduras, lanternas, lâmpadas e letreiros de bronze destinados ao novo edifício dos Paços de Concelho. Câmara Municipal de Famalicão.Subsérie 0002: Concurso público para a empreitada de instalação de aquecimento central no novo edifício destinado a Paços do Concelho, serviços municipais, secção de Finanças e tesouraria da fazenda Pública e do corpo destinado a Tribunal Judicial e mais serviços dependentes do Ministério da Justiça.Subsérie 0003: Concurso público para a construção do edifício para Paços do Concelho, serviços municipais, secção de Finanças e tesouraria da fazenda Pública e do corpo destinado a Tribunal Judicial e mais serviços da Justiça e urbanização da Praça da República.Subsérie 0004: Concurso para limitado para o fornecimento do mobiliário de madeira e metálico para o novo edifício dos Paços de concelho. Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.Subsérie 0005: Concurso para limitado para o fornecimento de vários materiais para o novo edifício dos Paços de concelho. Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.Série I - Correspondência recebida e expedida referente ao Projeto do Novo Edifício dos Paços de Concelho, Tribunal, etc.

Condições de acesso

Comunicável, sem restrições legais.

Condições de reprodução

A reprodução de documentos encontra-se sujeita a algumas restrições tendo em conta o tipo dos documentos, o seu estado de conservação, o fim a que se destina a reprodução.

Idioma e escrita

Português

Características físicas e requisitos técnicos

Em regular estado de conservação.

Instrumentos de pesquisa

ODA