Inácio de Vilhena Barbosa

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Inácio de Vilhena Barbosa

Detalhes do registo

Nível de descrição

Unidade de instalação   Unidade de instalação

Código de referência

PT/MVNF/JAM/A/0088

Tipo de título

Atribuído

Título

Inácio de Vilhena Barbosa

Datas de produção

1887-03-17  a  1887-06-08 

Dimensão e suporte

5 u.i.; papel.

História administrativa/biográfica/familiar

Inácio de Vilhena Barbosa (nasceu Lisboa, 31-07-1811 - 1890) mais conhecido por Vilhena Barbosa, foi um historiador e arqueólogo, sócio da Academia Real das Ciências de Lisboa e da Real Associação de Arquitectos Civis e Archeologos Portugueses. Na área da imprensa, encontra-se colaboração da sua autoria nos periódicos O Panorama (1837-1868), Ilustração Luso-Brasileira (1856-1859), Arquivo Pitoresco (1857-1868) e O Occidente (1878-1915).Fez os seus estudos de instrução secundária no estabelecimento régio do bairro do Rocio, sujeito à universidade de Coimbra, e no real Colégio de S. Vicente de Fora. Foi nomeado membro do Conservatório Real de Lisboa pela rainha D. Maria II, quando Almeida Garrett, sendo vice inspetor daquele estabelecimento fez com que o governo lhe desse a forma de uma academia literária. Em 1863 foi eleito sócio correspondente da Academia Real das Ciências de Lisboa; em Julho de 1875 passou à classe de sócio efetivo, e em Dezembro do mesmo ano foi lhe cometido o encargo de inspetor da biblioteca dessa corporação, tendo sido reeleito nos seguintes anos até o presente. Sócio efetivo da Associação dos Jornalistas e Escritores Portugueses e da academia Nacional de Paris, e honorário do Retiro Literário Português, no Rio de Janeiro. Fonte: Wikipédia; Inocêncio X, 57.

Condições de acesso

Comunicável, sem restrições legais.

Cota descritiva

JAM 492, 493, 494, 495, 496

Idioma e escrita

Português

Características físicas e requisitos técnicos

Em regular estado de conservação.

Instrumentos de pesquisa

ODA

Tipo u.i.